quinta-feira, novembro 30, 2006

Bom final de semana...



recurso








Toda a vida lutou contra moinhos de vento.

Desgostoso, acabou por comprar uma velha azenha,

onde ainda produziu óptima farinha com os últimos grãos da sua fantasia.







De Augusto Mota,



em Sujeito Indeterminado





Música: Limelight, de Alan Parsons Project

quarta-feira, novembro 29, 2006

pesadelos

Pesadelos:
-- Pior, muito pior, que acordar de um
é
acordar .... em um!

fatima

terça-feira, novembro 28, 2006

...

"Just because you`re dead ...."
.....

(Se não estivesse morto, eu diria: - coitado...)

fatima

....




Poça de água









Recordo bem este medo da infância.


Evitava as poças,


sobretudo as novas, após a chuva.


Afinal, uma delas poderia não ter fundo,


ainda que parecesse igual às outras.














Ponho o pé e, de súbito, afundar-me-ei,





voando para baixo,





cada vez mais baixo,





rumo às nuvens refletidas





ou talvez mais além.





















Depois a poça secar-se-á,





fechar-se-á por cima de mim,





e eu para sempre trancada - onde -





ficarei com um grito não repercutido à superfície.





















Só mais tarde compreendi que ~






nem todas as más aventuras






cabem nas regras do mundo






e mesmo que o quisessem,






não poderiam acontecer.














Poema de Wislawa Szymborska






Em Instante










Música: November, Azure Ray

segunda-feira, novembro 27, 2006

Boa semanaaaaaaaaaaaaaaa !!!!

Girl: - Oh my God, someone ran over a bunny!!!
AnarchyKid: - It was the government.

: )

domingo, novembro 26, 2006

achei importante e resolvi guardar aqui, no meu blog:

"temos de viver sózinhos, só connosco, dependermos só de nós, sempre prontos a começar de novo"
De Henry David Thoreau
...
"Gamei" do Hoteldegardona, ao PR.
(Sergio desculpa-me, sim?)

fatima


Uma história bonita:

Era uma vez um fantasminha que se sentia triste porque era sozinho.
Encontrou um gato e,
ficou feliz !!
Mas o gato morreu.
.....

--Se tenho sete vidas, que me custa perder uma delas para ti???
.....

E "viveram" os dois fantasminhas felizes para sempre ...

fatima

Nota: O gato também continuou a viver feliz, claro.
Como não??
Generosidade = Felicidade!!




Música: Cry on my shoulder

De: Deutschl, sucht den Superstar

quinta-feira, novembro 23, 2006

Um poema que eu gosto e sinto e, 5 manias minhas:

Por favor não me analise

Não fique procurando cada ponto fraco meu

Se ninguém resiste a uma análise profunda

Quanto mais eu

Ciumento, exigente, inseguro, carente

Todo cheio de marcas que a vida deixou

Vejo em cada grito de exigência

Um pedido de carência, um pedido de amor

Amor é síntese

É uma integração de dados

Não há que tirar nem pôr

Não me corte em fatias

Ninguém consegue abraçar um pedaço

Me envolva todo em seus braços

E eu serei perfeito amor.

Poema de Mário Quintana
....................

A Utzi de
A minha nuvem
desafiou-me para eu vos falar de cinco manias minhas.
Confesso que é fácil, por isso, sem nem pensar muito , aqui estão:

1.Tenho a mania de lamber o açucar dos papeís dos bolos de arroz.
2. Tenho a mania de andar por cima dos muros.
3. Tenho a mania de roer as unhas, não por vicio mas pq detesto cortá-las.
4. Tenho a mania de sentir muito e pensar pouco. Quero dizer, às vezes até calha eu pensar muito, mas geralmente já é tarde demais.
5. Tenho a mania de querer Amor e estar-me nas tintas para as "Coisas" da vida.
6. Tenho a mania de ler os meus poemas preferidos e ouvir as minhas músicas preferidas, vezes e vezes e vezes, sem conta.
7. Tenho a mania de dar beijos nos ouvidos das pessoas que eu gosto.
8. Tenho a mania de gostar de toda a gente e acreditar em tudo o que me dizem, até ....
9. Tenho a mania que não acredito em dogmas mas sei que " não acreditar em dogma nenhum é um dogma também".
10. Tenho a mania de pensar que a vida é uma m.... (aquela palavra feia) a maior parte do tempo.

Eram só 5??
Tenho a mania de ser uma tagarela e tenho a mania de me deixar encantar, deslumbrar, extasiar, por bichos, flores, árvores, músicas, poemas, pinturas e gravuras, gestos e falas espôntaneos de pessoas simples e verdadeiras.
Tenho a mania de detestar tudo o que é artificial e rebuscado.
Tenho a mania de odiar hipocrisias e interesses acima de valores !!!
....

Beijos meus, para todos.
Muitos muitos beijos, para os que me aguentam e me gostam, todos os dias, da maneira que eu sou.

fatima

.


Música: In my secret life
De: Leonard Cohen

PS:
"Falei" tanto hoje que é provável que eu fique sem nada para dizer nos próximos dias. Por isso, fica já aqui o meu desejo de um bom fim de semana para todos (nós) .
:)

terça-feira, novembro 21, 2006

Desejo-vos uma boa semana.


Trocaria a memória de todos os beijos que me deste por um único beijo teu.
E trocaria até esse beijo pela suspeita de uma saudade tua, de um único beijo que te dei...

De Miguel Esteves Cardoso



Música: Wish you were here

De: Bee Gees

sexta-feira, novembro 17, 2006

...




“ Tu tornas-te eternamente responsável por aquilo que cativas”






Eu adoro “O principezinho”, é mesmo um de
meus livros preferidos, mas com esta frase dele eu não concordo.





Não acho que as pessoas sejam responsáveis pelos amigos, companheiros, namorados, tios, sobrinhos, irmãos, etc.



Ninguém é responsável por ninguém, excepto os progenitores pelos filhos até estes serem autónomos e os filhos pelos respectivos progenitores quando estes deixam de ser autónomos.



Ninguém tem que salvar o mundo de outro alguém!

Ninguém tem que mudar a vida de outro alguém!



Mas, podemos sempre fazer pequenos gestos que facilitam ou melhoram um pouco o dia a dia de uma outra pessoa.


São aquelas pequenas coisas, que nos parecem insignificantes a nós, mas que poderá fazer toda a diferença em determinado momento a uma certa pessoa.



Além daqueles gestos de generosidade como trazer uma água do café, oferecer uma flor,
acabar o trabalho do colega, etc, há aquelas acções que não custam nada a um fazer e a outro custam tanto.



Por ex: eu ficaria horas, de certeza, a mudar um pneu, se calhar ao meu vizinho não custa nada e o faria em dez minutos.


É disso que eu queria falar neste post: se estivéssemos ATENTOS aos outros, de certeza encontraríamos montes de coisas que não nos custariam nada a fazer e que, as fazendo, lhes daria a eles imenso jeito e lhes facilitaria de certo a vida.



Tive uma semana difícil e penso que este post não me saiu muito bem, mas paciência, outro, em outro dia, sairá melhor.



Desejo a todos um BOMMMMMMMM fim de semana!

Fiquem bem e cuidem-se muito, porque: It`s a hard hard life!!




(Já agora, cuidem um pouco dos outros também)




:)



f atima






Música: I saved the world today

De: Eurythmics

quarta-feira, novembro 15, 2006

:-)

Erros,
quem não??

-- Todos nósssssssssss!!

fatima

segunda-feira, novembro 13, 2006

Boa semana!!


Viver é ir morrendo a beijar a luz.

De, António Patrício








Música: Au fond la mer
De, Wim Mertens

quarta-feira, novembro 08, 2006

.

off

Olá, a todos.
Estou em off pq meu corpo cedeu a alguns malfeitores que o invadiram um dia destes.
Por essa razão minhas energias estão todas (ou quase quase todas) concentradas em combates que não vale a pena descrever aqui.

Desculpem-me as minhas ausências nos vossos espaços, sim?

Deixo-vos um beijo e neste momento até dou graças aos beijos virtuais, dos quais confesso que nunca fui muito fã pq sou demasiado "fisica".
Mas pronto, hoje dão bué de jeito pq assim não partilho com vocês meus virus chatos!

Beijos, beijos, beijos,

fatima







Música: A thousand hours

De, The Cure

terça-feira, novembro 07, 2006

Eu gosto:

O fim da luta
Dos, Balla


domingo, novembro 05, 2006

Alguns infelizes


Todos precisamos que nos amem.
Porém, alguns infelizes,
não sabemos viver para outra coisa.

Poema de, Amalia Bautista

sexta-feira, novembro 03, 2006

bom fim de semanaaaaaaaaaaa

Desejo a todos um bom fim de semana.
Eu vou estar num:


_ casamento!!

Gostaria de dizer coisas simpáticas e bonitas acerca de ..,

mas é-me completamente impossivel!

A missa, quando há, é uma brutal seca.

A cerimónia é um desfilar de vaidades e hipocrisias, maior parte das vezes.

Os noivos vivem dias de ansiedade e stress.

Os convidados sofrem nos sapatos apertados e lamentam os dinheiros extra.

Os pais, bem, esses quase sempre respiram de alivio: filhos fora de portas...

Mas o pior mesmo são os papeis onde se assina a sentença de prisão de dois corações ...

Sorry, é um post de desalento, eu sei.

Mas é apenas um desabafo meu, não tenho intençao de contaminar mentes puras e crentes...

Boa sorte, para quem casa.

E,

felicidades, muitas muitas muitas!!, para quem AMA!

:)

fatima

quinta-feira, novembro 02, 2006

Home sweet home

(foto: home sweet home
de, José Antônio Rezende)

My home, sweet sweet home
Meu lar, doce doce lar:

O lugar que me apetece

Sempre sempre sempre!!

Não são as paredes, que me acolhem.

Não é o sofá, que me espera.

Não é a cama, onde deito e amo.

Nem são os meus moveis lindos

de cor verde, a minha cor preferida.

É o sol que invade e ocupa a cozinha

sem nem pedir licença!

É a flor solitária que teima no jardim

apesar do descuido e desmazelo, meus!

É o pinheiro gordo e grande

e o outro, pequeno e fraquote

(Caramba!,

nunca os entendi, aos dois)!


Não são as Coisas.

Não sei o que é.

Sei que é daqui que parto,

e para aqui que regresso,
SEMPRE

COM
confiança e amor!!

fatima




Música: November
de, Azure Ray